O tempo e o vento – e a chuva, o sol, a neve…

Antes de você embarcar pela primeira vez para a ilha da Rainha, deve ter ouvido como o tempo é louco. Muda muito rápido. Será assunto de muitas conversas suas aqui.

Apesar de Birmingham não ter aqueles enormes termômetros nas ruas, como muitas cidades brasileiras, dá para conferir a previsão na página 2 do Metro (jornal gratuito disponível nas estações de trem e nos ônibus), na TV, no rádio… O site do Weather Channel UK acertou nas vezes que usei.

* * *

Birmingham é uma cidade um pouco mais fria do que Londres. Cheguei na primavera. Esse verão, me disseram, foi não foi “tão quente” como costuma ser. A temperatura máxima que peguei aqui foi 28°C – e isso aconteceu em poucos dias. Em um dos finais de semana mais quente, sai de Londres (à noite) com termômetros marcando 20°C, e, em Birmingham, marcavam 18°C. Houve semana em que a máxima não passou de 20°C – e era verão. Por isso, quando tem sol e é possível, corro para algum parque. Outra característica que uma colega apontou é que é uma cidade onde venta muito.

Veremos como sobreviver no inverno. O último foi rigoroso. Você já passou o inverno em Birmingham? Deixe uma comentário para a gente saber se brasileiro virá picolé ou não. 😉

* * *

Fiz essas fotos hoje à tarde. O primeiro clique foi às 15h20min. O último foi às 15h30min. Dez minutos. Meu hábito de, no Brasil, olhar pela janela e ver a “cara do tempo” antes de sair não faz sentido aqui. Aprendi na prática. 

Sul de Birmingham, 15h20min – Fotos: Melissa Becker
Sul de Birmingham, 15h25min
Sul de Birmingham, 15h30min – Fotos: Melissa Becker

0 thoughts on “O tempo e o vento – e a chuva, o sol, a neve…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *