Você gosta de Birmingham?

Museu de arte - Fotos: Melissa Becker
Museu de arte – Fotos: Melissa Becker

A Renata Gonçalves me contactou pelo Facebook alguns dias atrás, pedindo minha opinião sobre a cidade. 

No primeiro post deste blog, em 2010, falei um pouco sobre o que achava de Birmingham então. Achei interessante voltar a esse assunto, porque estou há mais tempo por aqui agora (no total, tenho dois anos e meio de Brum! :O  ). Minha percepção mudou um pouco. 

Selfridges Birmingham, prédio icônico da cidade - Foto: Melissa Becker
Selfridges Birmingham, prédio icônico da cidade

> Não dá para comparar Birmingham com Londres. Esquece. 

> A sua impressão pode depender muito da parte da cidade em que você mora ou frequenta. Uma das fortes características de Birmingham é seu perfil industrial, parte da sua história. Dificilmente uma área industrial consegue ser bonita e agradável. Mas morei boa parte do tempo no sul (e ainda prefiro o sul), em uma região em que quase não via indústria  (Cadbury não conta neste caso, porque os donos conseguiram transformar Bournville numa região bonita e agradável – na real, onde eu gostaria de morar!). É uma zona bem mais residencial. Mudei para o norte há alguns meses, e é bem diferente. Cruzo a área industrial para vir do Centro para casa, e tem muito viaduto. No entanto, minha rua e outras partes da região são agradáveis, existem partes bonitas. E, claro, se você mora na região central, o papo é outro…

Bournville Green sob neve - Foto: Melissa Becker
Bournville Green sob neve

> Não tem nada para fazer em Birmingham? Olha, tive a fase “não tem nada para fazer aqui”. Ela aparece assim que você já visitou todos os pontos turísticos. O que fazer depois disso? Comecei a fazer day trips para cidades da região. Depois de quase 20 cidades, enchi o saco disso também. Nem Londres estava me animando muito. Com dinheiro, uma opção pode ser algum voo direto para outras partes da Europa – sim, podemos aproveitar o aeroporto internacional! Mas agora tenho tanto evento interessante para ir que não estou dando conta. Tem que ficar ligado no que rola na cidade e achar os canais certos para ficar informado – e o BrummieBR pode ser um deles. 

> Existem bons pubs, e novos locais BEM legais tem surgido com frequência. Também gosto de descobrir cafés independentes charmosos.

The Old Joint Stock, pub próximo à catedral - Foto: Melissa Becker
The Old Joint Stock, pub próximo à catedral

> A arquitetura é eclética, mas, de novo, tem que se considerar a história  da cidade. Birmingham foi bombardeada pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial, prédios históricos foram destruídos. O que construíram no pós-guerra não ajudou muito a embelezar a cidade… Mas existem revitalizações/modernizações a caminho, como a da New Street Station. Está  melhorando.

Foto: Melissa Becker

> Parques são bem cuidados e, apesar de não haver nenhum bem na região central (sinto falta de verde por lá , acho o centro com muito concreto!), existem vários em diferentes bairros.

Cannon Hill Park em flor! - Foto: Melissa Becker
Cannon Hill Park em flor!

> Os canais têm bares e restaurantes em suas margens no centro, enquanto os de certos bairros contam com área de caminhada.

Brindleyplace: canais e bons bares - Foto: Melissa Becker
Brindleyplace: canais e bons bares

> Sinto segurança aqui, e descobri que isso faz uma grande diferença na qualidade de vida.

> O sotaque pode ser difícil, mas nem todo mundo tem (ok, os integrantes do Black Sabbath ainda têm!).

> Eu não moraria em uma cidade menor que Brum (ou seja, sendo esta a segunda maior cidade da Inglaterra, sobrou Londres como única opção!).

> Cansou de Birmingham? Vai passar um findi em Londres – umas duas horinhas (menos ou mais), e você está em uma das cidades mais cosmopolitas e exciting do mundo.

Para mim, seria mais fácil simplesmente dizer: “a cidade é feia, o tempo é ruim, as pessoas são isso ou aquilo…”. Certamente tem muita gente que acha isso, e entendo (o tempo é ruim mesmo!).

Nem vamos falar sobre o tempo... - Foto: Melissa Becker
Nem vamos falar sobre o tempo…

Mas já  que vou viver aqui “para sempre” (até segunda ordem!), decidi não usar esses óculos e tentar achar o que tem a ver comigo nesta cidade.

Na real, tem muitas coisas bacanas e facilidades por aqui, e esse blog é sobre isso. Por não ter tantas opções como em Londres, talvez o expat tenha que fazer um esforço maior para descobrir os lugares que gosta, encontrar as pessoas certas etc.

(O BrummieBR está aqui para ajudar nesta missão! Sigam-me (e me ajudem) nos próximos passos desta “investigação”.)

E você, o que diria para alguém que está pensando em morar em Birmingham?

49 comentários em “Você gosta de Birmingham?

  1. Eu moro em Birmingham a pouco mais de 5 anos, amo essa cidade, existe problema com qualquer outra cidade, Aqui tem todas as lojas que existe em Londres com a vantagem do preco mais baixo. Coisa para fazer tem e muito, Mas vai de cada pessoa,se vc quer um cantinho quieto vc acha, se vc quer agitacao vc acha. Amo os novos projetos de renovacao do centro da cidade, o novo parque bem no centro com muito verde, com toda descontracao. Birmingham esta de portas abertas para investidores, novos negocios. Estao chamando investidores. Para vc que eh um bom empreendedor seja benvindo. Abracos Alessandra

    1. Alessandra, estou pesquisando Birmingham para ir morar com a minha família em julho de 2017. Tenho dúvidas quanto a escola das crianças É fácil a transferência do colégio no Brasil pra aí? Elas permaneceriam na mesma série daqui? Como funciona, você pode me ajudar? Obrigada. Abraço. Andrea F M Cancian

  2. Eu não moro em Birmingham, mas eu particularmente gosto muito dessa cidade metropolitana. Realmente tem de tudo e a preços bem acessiveis, além do aeroporto internacional que é uma mão na roda pra nós que estamos no coração da Inglaterra. O centro de Birmingham está ficando bem lindo e adoro passear por lá, quando o tempo me permite.
    Mas, eu na verdade sou de Coventry, também no coração da Inglaterra e moro aqui há mais de 8 anos, e pra morar, prefiro uma area mais tranquila, apesar de menos lojas e menos entretenimentos. E Coventry é esse lugar. E com a estação de trem na minha porta eu posso ir e vir a Birmingham tranquilamente.
    Mas, adoro morar na região.
    Abraços,
    Josie Powell

    1. E’ verdade, uma das grandes vantagens que esqueci de mencionar no post e’ que Birmingham e’ mais barata do que Londres. A gente sente a diferença. A região tem bons links com a rede de trens, fica fácil ir tanto para Londres, quanto para Liverpool/Manchester, por exemplo.
      Obrigada por comentar, Josie. 🙂

    2. Oi Josie, estou de mudança para Coventry, adoraria saber mais sobre a cidade, vc pode me ajudar, por favor?? Agradeceria imensamente!!!

      Caso meu e-mail não apareça para vc, vou colocar aqui, patypfv@hotmail.com

      Abs,
      Patricia

  3. Gosto muito de Birmingham ,morro aque desde quando cheguei do Brasil ,olh que ja faz um tempinho 10 anos rsrs …realmente o custo de vida aque e bem mais em conta.

    Tenho certeza que vier pra nao ira se arrepender!

    abracos Eva Sonia

  4. Apesar de também não morar em Birmingham, estou sempre around porque moro em Walsall, que é bem pertinho também. Costumo trabalhar em Birmingham e a maioria dos eventos sociais são por lá também.

    Gosto muito da cidade, principalmente, por sua diversidade cultural. Isso nos aproxima muito do Brasil em vários aspectos. É possível encontrar diferentes eventos sociais/culturais todos os dias; restaurantes de todas as nacionalidades, universidades e escolas de idiomas ( para quem pensa em estudar);museus e centros culturais, shows e etc.

    Enfim, é a Londres em escala menor mesmo, mas muito mais tranquila e com o custo de vida bem mais baixo mesmo.

    Além disso, há tanta história nessa região, da Revolução Industrial às bandas e artistas que surgiram por aqui, que faz a West Midlands, em geral, uma parte muto interesssante da Inglaterra.

    1. A Simone e’ quem pode falar melhor sobre o cenário musical por aqui. 🙂

      Apesar de amar Londres, acredito que os brasileiros que estão lá, muitas vezes, acabam perdendo certos aspectos do interior da Inglaterra. Não por mal, mas simplesmente porque tem muita coisa acontecendo por lá, e o interior fica em segundo plano. A história da Revolução Industrial realmente marca a região. No início, eu achava: “Ah, mas vocês são tão orgulhosos de algo que aconteceu há tanto tempo”. Mas recentemente li A Era das Revoluções, do Hobsbawm, e ele falava bastante da Lunar Society. Logo depois, visitei a sala onde a Lunar Society se reunia, na casa do Matthew Boulton (Soho House), não muito longe de onde moro. Esses nomes podem não ser familiares para nos, brasileiros, mas e’ legal poder estar aqui e entender como essas figuras locais impulsionaram um movimento que acabou mudando o mundo.

      1. Ahh, a Soho House, amo muito. Meu lugar favorito em Birmingham! Aliás, que tal um café por lá semana que vem? Estou querendo escrever uma review sobre ela para um site. Seria perfeito voltar lá pela 1.345 vez, rs. :O)

      2. B’ham não deixa nada a desejar à Londres nos aspectos básicos de vida (e com um custo bem mais acessível),sem contar que está bem localizada geograficamente,permitindo vc explorar a Inglaterra com mais facilidade do que mtas cidades inglesas. A concepção brasileira de interior não bate com o que vemos nas cidades interiorianas inglesas,apesar que tem algumas que são bem “roça” mesmo.Vejo que ainda tem mta resistência entre os brasileiros em Londres que conheço em explorar mais o interior inglês,que guarda mtas surpresas bem agradáveis 🙂

  5. Oi pessoal…adorei os comentários e as dicas, estão me ajudando bastante.
    Melissa obrigada pela atenção!!

    1. Oi, Renata! Que bom que estão sendo úteis, e o pessoal que comentou acrescentou bastante coisa. Antes de vir para cá, não consegui contato com brasileiros aqui para saber como era. Essa e’ uma das intenções do blog: dar uma ideia do que se pode encontrar por aqui. Boa sorte, abraços!

  6. Sou portuguesa e vivo em Walsall há quase dois anos. Concordo com tudo o que foi dito! Adoro Londres de paixão (aliás, foi uma das razões que me levou a mudar para este país), mas acho que vivo muito mais a cidade indo como turista duas ou três vezes por ano e vivendo nas Midlands sempre tenho mais dinheiro! É mais fácil ter uma vida mais confortável e desafogada e estou mais central para explorar o resto do país (como ir passar fins-de-semana a visitar Oxford ou York). Para amantes de espaços verdes há sempre o o parque em Sutton Coldfield e o Arboretum em Walsall 😉

    1. Olá, Joana! Seja bem-vinda! 🙂
      Você mencionou três lugares que ainda não visitei: York, o parque em Sutton Coldfield e o Arboretum. Conheço muitos lugares na região e já visitei muitas cidades inglesas, mas e’ ótimo descobrir novos lugares para explorar. Obrigada por comentar!

  7. Ola, que bom encontrar um blog que fala da cidade de Birmingham. Pretendo morar lá, e não sabia onde ter algumas informações sobre a cidade. Gosto muito de sair e fazer amizades..
    Já agora, o que acham da zona perto do Witton Lakes Park, em Perry Walk para morar e escolas??

    1. Oi, Mirza. Tudo bem?
      Obrigada por comentar!
      Infelizmente, não conheço essa área de Witton Lakes Park.
      Seria bacana se algum leitor do blog que conheça pudesse deixar algum comentário para a Mirza!
      Abraços!

  8. Oi Melissa, obrigada por responder. Já cá estou Birmingham e estou a adorar. Cheguei há uma semana e por enquanto estou hospedada em casa de uma amiga (aliás única amiga que tenho cá..rss) em Witton…. Estou a pesquisar uma boa zona para morar pois pretendo alugar uma casa/flat, e como ainda não conheço quase nada, está difícil comparar….se alguém puder dar algumas dicas das boas zonas p viver o mais próximo do centro, eu agradecia. E gostava também de fazer muitasss amizades para não me sentir sozinha…
    Obrigada, abraços..
    Mirza

  9. E linda cidade eu tenho um amigo que mora aí ……Se um dia eu pensar se em deixar o Brasil . Birmingham seria minha primeira opção. .

  10. Nossa, estou aqui há dois meses e sinto que ficarei só até Março de 2015. Adoro! Centro ótimo, Brindley place demais. Moro pertinho do Brindley e quase todo dia venho dar um hello para os gansos.

  11. Estou pensando em fugir deste Brasil socialista. Pesquisando sobre as cidades do UK, gostei bastante de Birmingham, por aparentemente ser um meio termo entre interior e uma cidade cosmopolita. As informações postadas me ajudaram muito. Obrigado a todos (as)!

  12. Olá a todos, eu sou de Portugal e vou a uma entrevista de emprego numa empresa de Birmingham, tenho grandes intenções de trocar Portugal por UK mas o meu receio é não conhecer ninguem nem ter qualquer contato de Portugueses.
    Como posso conhecer e em que local a comunidade Portuguesa para poder ter um ponto de orientação?
    Comprimentos, obrigado.

  13. Passei um semestre estudando em Aston e amei Birmingham. Morava on campus, então era menos de 10 minutos a pé para o Bull Ring/New St. A cidade realmente me parecia que ficava limitada só naquela região central (os dois lugares que mencionei, Broad St e Brindleyplace) mas mesmo assim eu gostava bastante das várias opções de restaurantes e entretenimento na cidade. Só senti que Manchester parece ser uma cidade maior – embora estatisticamente não seja.

    1. Oi, Walter. Birmingham tem mais a oferecer do que Broad Street e Bullring, embora as principais atrações estejam nesse eixo.

      Já no norte, tem a região de Salford – onde fica o estádio do Manchester United – que é muito bacana, mas, na verdade, não é Manchester, é Salford (uma cidade que faz parte da Grande Manchester, mas que todo mundo chama de Manchester no final). Essa região tem recebido mais investimentos nos últimos tempos do que Birmingham, por isso parece mais desenvolvida.

  14. Olá pessoal, olá Melissa

    Como sempre, adoro os posts do BrummieBR, sempre estou descobrindo coisas novas .
    Hoje conheci um lugar chamado Arcade, muito bom lá.
    Talvez eu esteja fugindo um pouco do assunto, mas existe alguma associação brasileira em Birmingham? Por exemplo em Londres tem a Casa do Brasil e a ABRAS. Alguém sabe se em Birmingham existe alguma?
    Obrigada a todos,

      1. Escrevi errado, é o The Arcadian…. Rsrsrs. Fui achando que ia ter alguma alguma festividade do Ano Novo Chinês hoje sábado mas parece que vai ter algo amanhã domingo. Acabamos jantando meu marido e eu no Ocean Dragon, (ao lado do Las Iguanas) gostei bastante da comida de lá.
        Na verdade não moro em Birmingham, moro em Stoke-On-Trent (bem menor), mas sempre que posso tento conhecer um pouco mais de Birmingham, sou de São Paulo capital morei em Londres, sou acostumada com cidades grandes.
        É uma pena não ter uma associação, mas procuro estar conectada com a comunidade brasileira pela internet e blogs como o BrummieBR ajudam bastante =)

        Abraços

          1. Olá Melissa,

            Obrigada pela indicação do CDOB, irei lá na próxima feijoada conhecer o local 😉

            Abraços,

  15. Ola Melissa, parabens pela Blog, estou analisando em me mudar para Uk novamente, ja morei em Londres e hoje busco um lugar um pouco mais tranquilo , que tenha vida e que tenha oportunidades de emprego tambem, Birmigham e Manchester sao as que mais me chamam a atencao, sigo acompanhando os comentarios. um abs.

  16. Oi Melissa, é tão bom encontrar brasileiros quando vamos para outros cantos do mundo! Estou de mudança para Coventry, vc tem algum conhecimento sobre a cidade? Conhece alguém que more lá? Como é pequena, é muito difícil encontrar informações sobre ela na internet, preciso de uma escola de inglês, o clima me deixa apreensiva…agradeço desde já.

  17. Olá Melissa, tudo bem? Sou brasileira e tenho cidadania portuguesa. Eu e minha família (marido e 2 filhas) estamos fazendo pesquisa e queremos ir morar pelo menos 1 ano na Inglaterra. Birmigham por enquanto está sendo nossa primeira opção. Minha maior preocupação é com a escola das crianças. Tenho uma de 10 anos e outra de 12 anos. Pretendemos ir em julho de 2017. As crianças estudarão até junho aqui. E depois para transferi- las, ela cursarão a mesma série? Será que elas perdem o ano aqui? Você saberia me informar? Se não, onde posso pegar essas informações? Desde já agradeço. Abraços
    Andrea

  18. Oi, Melissa. Tenho a nacionalidade portuguesa, morro na Brasil, estou pensando em ir este ano ou o que vem 2017, com o meu marido e filhos, estamos pesquisando um lugar e vi esta postagem, gostaria de saber se ai em Birmingham e facil de arrumar emprego e se o aluguel de casa e caro. Obrigada

  19. Oi ,moro em Birmingham (Sandwell) antes morei em Londres,sinto falta aqui de um mercadinho Brasileiro, adoro fazer bolos e receitas brasileiras mas as vezes nao encontro todos os produtos que e` preciso nas receitas e pra comprar online ter que ser acima de £100. pena.. Bem que poderia abrir um mercadinho com produtos brasileiros aqui , ne`?

  20. Olá pessoal preciso de uma grande ajuda. Será k alguém conhece em Birmingham uma companhia k da pra mandar coisas de lá pra Angola? É mto urgente. Por fvr

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *