As bases da vez: Bourjois Paris e Giorgio Armani

Fotos: Melissa Becker
Fotos: Melissa Becker

Minhas duas bases da vez são bem diferentes entre si: da fórmula ao preço, da cobertura à embalagem.

Duas coisas a Giorgio Armani Maestro Fusion Makeup e a Bourjois Paris Healthy Mix Serum Gel Foundation têm em comum: acabamento matte, sem brilho, e deixa a pele em tom uniforme.

Giorgio_Armani_Maestro_Melissa_Becker02 (857x1280)

>>> Leia também: Os BB creams da vez: Kiehl’s e Garnier

 

Não confunda: uma NÃO É a versão mais barata da outra.

Tenho as duas – e alterno o uso – porque elas têm “funções” diferentes, para ocasiões diferentes.

 

> Giorgio Armani Maestro Fusion Makeup, na cor 3

Na época em que foi lançada, não existia no mercado nenhuma base como essa. Após a Maestro, outras marcas criaram produtos para competir com ela (com ótimos resultados e preços mais baixos, como a Lancôme Teint Miracle Foundation).

A consistência é tão líquida que o aplicador é como um conta-gotas: a dica é pingar primeiro no dorso da mão, usando-o como uma paleta (se pingar direto nos dedos, vai escorrer e fazer sujeira!).

Não é necessário pincel: uma vendedora da counter da Giorgio Armani na Selfridges de Birmingham, onde comprei o produto, me disse que ele foi feito para ser aplicado com os dedos mesmo, para não perdermos tempo (verdade, a aplicação é super-rápida graças à fórmula!).

Giorgio_Armani_Maestro_Melissa_Becker03 (1024x685)

Pode-se sentir a diferença da Maestro para as outras bases na hora que se começa a espalhar o produto no rosto: a textura, o perfume… A cor se adapta à pele.

É levíssima: não é indicada para quem quer algo mais pesado para cobrir imperfeições, mas excelente para uniformizar o tom da pele com naturalidade.

Sério: nas primeiras vezes em que usei, provocou comentários como “Your skin looks flawless!” (“Tua pele parece perfeita!”).

A linha tem 15 cores diponíveis, ao preço de £ 39 cada.

Com fator solar 15, é minha opção para o inverno não apenas pelo acabamento sem brilho, mas porque o tom que comprei é muito claro: só combina com minha pele mesmo quando não tem sol nenhum para se pegar neste país!

 

> Bourjois Paris Healthy Mix Serum Gel Foundation, no tom 51 Light Vanilla

É a base “mais acessível” que passei a usar recentemente, em substituição à Max Factor Face Finity All Day Flawless 3-in-1 Foundation. As duas ficam na mesma faixa de preços (£11) e tem uma cobertura de média a pesada, embora com fórmulas diferentes.

[ Antes de falar da Bourjois, um parênteses para a Max Factor Face FinityApesar da base da Max Factor ter proteção solar 20 e uma tonalidade que combina melhor com a minha pele (Warm Almond 45, vou sentir saudades), ela exige um certo tempo: com os dedos, a aplicação pode deixar um aspecto pesado demais (quase estilo “reboco” mesmo).Por isso, exige o uso do pincel para um acabamento mais refinado. Para isso, meu pincel é o Real Techniques Expert Face Brush. ]

Com fórmula em gel e embalagem pump, o acabamento do produto da Bourjois facilita a vida, pois dá para aplicar com os dedos mesmo – sem riscos.

Bourjois_Healthy_Gel_Foundation_Melissa_Becker01 (1024x685)

Segundo a marca, essa base em gel é feita a partir de “vitaminas de frutas, com um resultado anti-fadiga instantâneo, deixando a pele radiante por até 16h“. Não vou dizer que é essa maravilha toda por tanto tempo, mas ajuda. Disponível em seis cores.

Bourjois_Healthy_Gel_Foundation_Melissa_Becker02 (1024x685)

* * *

Além delas, eu teria ainda a YSL Touche Eclat Foundation, que tem um acabamento mais dewy, só para ter uma alternativa ao efeito opaco das duas bases que fazem parte do meu kit de maquiagem no momento.

 

Quais bases vocês recomendam?
Já usaram alguma dessas duas?

0 thoughts on “As bases da vez: Bourjois Paris e Giorgio Armani

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *