Bodega: gastronomia latina em Birmingham

Fotos: Melissa Becker
Fotos: Melissa Becker

Confesso: este post não é baseado em apenas uma visita ao Bodega Bar & Cantina, mas algumas. Por aí você já pode ter ideia de que é um lugar que gosto a ponto de me fazer voltar. Algumas vezes. E ainda tem pratos e cocktails no cardápio que pretendo experimentar.

Foto: Melissa Becker

Localizado no centro de Birmingham, o restaurante tem referências do México à Argentina na decoração, sem forçar com estereótipos in-your-face. 

Fotos: Melissa Becker

O ambiente ainda tem toques industriais, como nos tijolos brancos ou lâmpadas visíveis, o que equilibra os tons fortes e coloridos. Essa mistura me agrada.

Foto: Melissa Becker

Mas não é só nas aparências que o Bodega prova suas veias latinas. No cardápio, uma seleção certeira de pratos de diferentes países.

Foto: Melissa Becker
Cardápio de agosto de 2013 (pode ter sido alterado)

Na primeira vez que almocei lá, não resisti ao British Steak, South American Way, ou bife com chimichurri, tempero que eu já trazia do Uruguai para churrasco e outros modos de preparo de carne vermelha. Aprovado, mas, na época, fiquei com a impressão de que era possível comer bifes tão bons ou melhores em outras casas de Birmingham.

Mahi Mahi (entendidos: em bom português, seria um filé de dourado?) é aquela opção leve, bem preparado na frigideira e que casa lindamente com o purê de batata doce.

Foto: Melissa Becker

O Bodega Burrito tem diferentes opções de recheio e é acompanhado de batata doce frita e salada.

Foto: Melissa Becker

Na vez seguinte, decidi ir com algo não tão leve quanto peixe… Sabe aquela comida mais “rica”, deliciosa, e perfeita para um dia frio de inverno? Se é isso que você procura, peça o peruano cordero seco – carne de ovelha cozida, preparada com cerveja Negra Modelo, e com bolinhos de coentro.

Foto: Melissa Becker

Impressões da Simone quando comeu o lomo saltado, outro prato peruano: “parece um prato feito pela minha mãe”. Quando compara com a comida da mãe, o negócio é sério.

Foto: Melissa Becker

Na minha última visita, finalmente, provei a moqueca de peixe, o prato mais brasileiro do cardápio.

Foto: Melissa Becker

Não sou nenhuma especialista em moqueca, mas o gosto desta estava ótimo, apesar do molho muito líquido. O problema mesmo foi comer sem arroz. O prato foi servido com pão – um pão delicioso, mas pão. Tinha que ser arroz, gente!

Ainda tenho que explorar mais os light bites, as opções mais leves do cardápio. A Juliana escolheu tacos de peixe, e ainda tem nachos, ceviche, empanadas…

Foto: Juliana Geller
Foto: Juliana Geller

As opções de cocktails são variadas e caprichadas – uma marca registrada da casa e das “casas irmãs”. O Bodega faz parte do grupo Bitters ‘n’ Twisted, que inclui pubs como o The Jekyll & Hyde  e o Island Bar, por exemplo.

Foto: Juliana Geller
Foto: Juliana Geller

Eu começo pela água fresca, não alcoólica e refrescante – na real, mais adequada para o verão do Brasil do que o de Birmingham, mas serve para entrar no clima latino-americano. No dia desta foto, foi preparada com morango, mas já houve vez em que experimentei com amora, acho.

Foto: Melissa Becker

Entre os drinks com cachaça, palmas para a Angélica’s Caipirinha, com cachaça Abelha Gold, rum, crème de banane (licor), limão e abacaxi.

Foto: Melissa Becker

Apesar desse “perfil cocketeleiro” do bar, nos arriscamos na carta de vinhos em uma das vezes, sem nos decepcionar com o espanhol Albali Arium Crianza.

Foto: Melissa Becker

O menu de sobremesa é enxuto. Na primeiríssima vez que almocei no Bodega, pedi um mousse de maracujá, tipicamente brasileiro. Essa opção não está mais no cardápio, assim como o mousse de café da foto abaixo.

chilli chocolate brownie é um dos meus confirmados: tem um toque de pimenta, mas não pode dar errado com sorvete de rum e passas. Já o confirmado das minhas amigas é o churros ao estilo mexicano, com calda de dulce de leche. A ver.

Fotos: Melissa Becker

Finalizo com um expresso, mas o chocolate quente mexicano, com canela, baunilha e creme, está na minha lista para uma próxima!

Durante a Copa do Mundo, jogos de países latinos serão exibidos no local. Saiba mais aqui.

O Bodega fica na 12 Bennetts Hill, Birmingham (B2 5RS).

Foto: Melissa Becker

7 thoughts on “Bodega: gastronomia latina em Birmingham

  1. Oi Melissa ! Estou tentando uma bolsa na Aston University, e adorei achar seu blog, li todos os posts e aumentei minha ansiedade em relação ao resultado da bolsa… Adorei. Se eu passar vou te pedir uma dicas sobre a cidade! Um beijo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *