Café Rouge tem novidades no Bullring

Com nova decoração e cardápio reformulado, o Café Rouge do Bullring traz os clássicos franceses sem muita afetação.

Apesar de ser localizado em uma das partes mais movimentadas de Birmingham, pode-se esquecer que se está em um shopping center – ao menos, se você ficar no segundo andar. A atmosfera era bem tranquila na noite de sábado em que fomos lá.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker07
Fotos: Melissa Becker

Éramos seis, no total, convidados pela Juliana – que ganhou uma promoção justamente para divulgar as novidades do restaurante.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker09

Começamos com pães – destaque para o Fougasse à L’Ail, pão artesanal com alho e sal marinho, acompanhado por manteiga com alho derretida (foto abaixo), e para a deliciosa tapenade de azeitonas pretas que acompanha o Plain Plat.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker01

Resolvi arriscar na entrada e pedir… Ragoût D’Escargots! Sim, caracóis. Mas eles não vieram naquele clássico modelito, dentro de suas casinhas, que a gente vê nos filmes.

Nesse caso, eram ingredientes de um prato com cogumelos e um molho de trufas, cobertos por uma massa folheada. Não fiz foto, mas vocês só veriam a massa, ou só veriam o molho (nada deles com muito apelo visual).

Nunca tinha comido escargot antes. Eles têm, sim, uma consistência mais “borrachuda” – nada traumático: imagine um pedaço de carne em um ensopado que se tem que mastigar um pouquinho mais. Bem assim.

Quanto ao sabor, combinou tão perfeitamente com o cogumelo e com o molho de trufas que não soube distinguir direito. Eu adoro cogumelos, e se você já comeu algo com óleo de trufas, vai ter uma ideia do gosto.

Pela reação do staff, acho que poucos pedem o prato. Na próxima vez que eu for ao Café Rouge, vou preferir experimentar outra opção – não porque é ruim (eu gostei), mas porque prefiro variar. Valeu a experiência.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker08

Para contrabalançar, meu prato principal foi bem “feijão com arroz”:  Daube De Boeuf, carne cozida lentamente em vinho tinto com um toque de cacau, acompanhado de vagem, cenoura e purê de batatas com ervas. Os vegetais estavam meio cozidos demais para o meu gosto, mas o sabor do prato era bom.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker02

Meu marido conseguiu ser ainda mais tradicional e foi de fish’n’chips! Mas os bifes são destaques no menu – talvez minha escolha em uma próxima vez.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker04

Eu já tinha escolhido a sobremesa antes mesmo de entrar no Café Rouge naquela noite (aloka). Isso porque, no dia anterior, havia ido com outras amigas na unidade do Café Rouge no Mailbox – que tem cardápio um pouco diferente.

Naquela ocasião, havia pedido o Crème Brûlée, mas tinha ficado de olho no Duet of Fondant da minha amiga Marion.

A apresentação dessa sobremesa no Mailbox é mais bonita, mas acho que na unidade do Bullring é mais saborosa, porque vem com uma bola de sorvete de framboesa e de chocolate fondant e salpicada com pedacinhos de framboesa!

Cafe_Rouge_Melissa_Becker06

Mesmo o Crème Brûllè do Bullring é mais incrementado: vem com uma bola de sorbet de morango e pimenta preta.

Crème Brûlèe do Café Rouge Bullring: com sorbet de morango e pimenta preta
Crème Brûlèe do Café Rouge Bullring: com sorbet de morango e pimenta preta

As bebidas da noite foram: champagne De Castellane Brut (certamente pediria de novo!) e um bordeaux, Château Tour du Barrail (boa surpresa para quem geralmente fica desapontada com os franceses que a Inglaterra recebe).

Cafe_Rouge_Melissa_Becker10

Cafe_Rouge_Melissa_Becker11

O Café Rouge no Bullring se situa no St Martin’s Walk (em direção à igreja) – Unit SU744, Upper Mall West (B5 4BG). Em Birmingham, unidades da rede ainda podem ser encontradas no Brindleyplace e no Mailbox.

Cafe_Rouge_Melissa_Becker12

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *