Tag Archives: turismo

A Arte de Viajar. Malta, 2016 - Foto: Melissa Becker

A Arte de Viajar, de Alain de Botton

Vou dividir minhas impressões sobre A Arte de Viajar, de Alain de Botton, antes de começar a publicar posts de viagens que fiz em 2016.

The Art of Travel, que, no Brasil, foi publicado pela Editora Intrínseca, foi o primeiro livro de Botton que terminei (explico depois). E gostei.

Não é um guia de viagens, mas nos conduz por lugares justamente com reflexões que não constam nesse tipo de publicação. Talvez nem poderiam, porque são baseadas em experiências e sentimentos do viajante.

Cada capítulo conta com uma personalidade como guia por diferentes lugares, do deserto do Sinai a Barbados.

Assim, temos o escritor francês Gustave Flaubert e sua fascinação pelo exotismo do Egito e a região da Provença pelo olhar do pintor holandês Vincent Van Gogh.

A Arte de Viajar - Foto: Melissa Becker
Van Gogh chegou à Provença em fevereiro de 1888 e capturou a luminosidade do local em suas pinturas: “abrindo os olhos dos outros” para essa parte do mundo

Essas estão entre as minhas partes favoritas de A Arte de Viajar, junto às histórias de Alexander Von Humboldt na América do Sul e do próprio Botton na Espanha.

Continue reading A Arte de Viajar, de Alain de Botton

Hygge: o conceito dinamarquês de viver bem

Hygge vai me ajudar a atravessar esse inverno na Inglaterra.

Tento encontrar distrações para amenizar os dias mais escuros e frios daqui. Já fiz kit inverno kit claridade, comprei caneca que ajuda a colocar tudo em perspectiva

Mas a solução (ou tentativa) deste ano é The Little Book of Hygge: The Danish Way to Live Well, de Meik Wiking (editora Penguin Life) – em tradução livre, O Pequeno Livro de Hygge: O Jeito Dinamarquês de Viver Bem (ainda não lançado no Brasil).

O autor, Meik Wiking,  é diretor do Instituto de Pesquisa sobre Felicidade, baseado em Copenhagen – e hygge tem ligação com os níveis de felicidade da Dinamarca.

Fiz algumas fotos de páginas ilustradas do livro para vocês terem uma ideia melhor desse estilo de vida.

 

Mas o que é hygge?

O termo provém de uma palavra norueguesa que significa “bem-estar”, mas foi apropriada pelos vizinhos dinamarqueses.

Aconchego é a palavra portuguesa mais próxima de uma tradução, mas ela, sozinha, não captura tudo o que o conceito inclui. Continue reading Hygge: o conceito dinamarquês de viver bem

Natal em Belfast: Crown Liquor Saloon - Foto: Melissa Becker

Natal em Belfast

Neste ano, entrei no clima de Natal em Belfast.

Eu estava na Irlanda do Norte no dia 1º de dezembro, cruzando o County Antrim de ônibus. O motorista comentou que, a partir desse dia, começava a tocar músicas natalinas, especialmente Fairytale of New York, do The Pogues. É uma balada ao estilo da música folclórica irlandesa (imagine Wander Wildner cantando uma música de Natal ao estilo irlandês: é isso).

belfast_natal_city_hall_melissa_becker02
Belfast City Hall e a feira natalina – Fotos: Melissa Becker

Continue reading Natal em Belfast

3 coisas boas da semana

Caminhar pelas ruas da City of London, documentário de Michael Moore e almoço com uma amiga no Edwardian Tearooms, no museu de Birmingham, estiveram entre as coisas boas da minha semana.

 

Pelas ruas da City of London 
City of London, The Shard - Foto: Melissa Becker
The Shard – Foto: Melissa Becker

Fazia tempo que eu não ia a Londres – acho que foi a primeira vez neste ano, sem ser para trocar de transporte e seguir para outro destino (Brasil, Malta, Brighton…). Fui a trabalho, para treinamento, e não deu para ver muita coisa além da vista para o The Shard. A propósito, conto neste post como é visitar no prédio mais alto de Londres!

Mas enquanto caminhava para o escritório da minha empresa em Londres, me dei conta como não conheço o suficiente essa parte da cidade. Ela combina prédios modernos e ruas estreitas traçadas na era medieval, com algumas pistas dessa época (como antigos monumentos), e é chamada de City of London. Continue reading 3 coisas boas da semana

Itaimbezinho

cambara (640x434)No último dia de trilha na região gaúcha dos Campos de Cima da Serra, fomos ao Cânion Itaimbezinho.

Para os menos acostumados a caminhadas, esse é o cânion mais indicado para visitação. Não é necessário andar muito para chegar à beira do precipício e admirar paisagens incríveis.

Cânion Itaimbezinho - Foto: Melissa Becker
Rio do Boi, ao fundo do cânion – Fotos: Melissa Becker

Os paredões do Itaimbezinho chegam a 720 metros de altura.

É a parte do Parque Nacional dos Aparados da Serra com melhor estrutura – o que não quer dizer que é a mais adequada. O centro de visitantes tem banheiro, espaço para exposição e mesas para piquenique, mas nem sempre são suficientes para o número de pessoas em dias de feriadão, por exemplo.

Nas trilhas, há cestas para lixo, mirante e cerca de proteção (o que não tem no Cânion Fortaleza, por exemplo).

Continue reading Itaimbezinho

Turismo de aventura na Trilha do Rio do Boi

praiagrandesc (640x433)No segundo dia de caminhadas da viagem,  pegamos o carro rumo à Santa Catarina para a Trilha do Rio do Boi.

No município de Praia Grande, fica a entrada do Parque Nacional dos Aparados da Serra pela qual se acessa o rio que corta o fundo dos paredões do Itaimbezinho.

Do interior do cânion, tem-se uma visão da grandiosidade do lugar de outro ângulo.

Continue reading Turismo de aventura na Trilha do Rio do Boi

Cânion Fortaleza, Cambará do Sul - Foto: Melissa Becker

Percorrendo as trilhas do Cânion Fortaleza

cambara (640x434)A primeira trilha que fizemos em Cambará do Sul foi no Cânion Fortaleza, localizado no Parque Nacional da Serra Geral, na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Era o que eu mais queria conhecer… e ainda quero, porque havia tanta neblina que não pude ter a visão panorâmica que gostaria. Mesmo assim, adorei o passeio.

Cânion Fortaleza, Cambará do Sul - Foto: Melissa Becker
Caminhos pela borda do Fortaleza em meio à neblina que sobe do cânion – Fotos: Melissa Becker

Do centro da cidade até o cânion, são 23 quilômetros – sendo que apenas 13 quilômetros são asfaltados. Muita gente não aguenta o balanço do carro no chão batido e passa mal. Estávamos em um grupo, e houve quem tivesse tomado remédio para enjoo antes de embarcar. Foi tranquilo para a gente.

(Minha principal lembrança da estrada foi que vimos uma caranguejeira atravessando a faixa!)

A falta de estrutura não se limita às estradas, nem é exclusividade deste parque. Na entrada para o Cânion Fortaleza, há uma casa para os guardas que controlam o número de visitantes. Além disso, não há banheiro, ou cestas de lixo.

A manhã é o turno preferido para a trilha, por causa das nuvens. Eu fui em maio, mas dizem que o inverno é a melhor época para se visitar, porque a possibilidade de névoa é bem menor.

Continue reading Percorrendo as trilhas do Cânion Fortaleza

Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker

Serra gaúcha: Parador Casa da Montanha

cambara (640x434)Visitamos Cambará do Sul, na região gaúcha dos Campos de Cima da Serra, no final de março. Ficamos no Parador Casa da Montanha Ecovillage, considerado o melhor hotel dessa região do Rio Grande do Sul, e foi uma experiência especial.

O objetivo principal era conhecer os cânions de dois parques nacionais – Aparados da Serra e Serra Geral -, mas a hospedagem se tornou um dos destaques da viagem.

Espumante no Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Espumante rosé no check-in – Fotos: Melissa Becker

Prepare-se para uma versão luxuosa do campo. Com uma taça de espumante de boas-vindas, contemple a paisagem. Não tem como se cansar dessa beleza. O murmurinho do rio e o canto de pássaros nativos compõem a trilha sonora da estadia.

 

Continue reading Serra gaúcha: Parador Casa da Montanha

3 coisas boas da semana

Ida a Brighton, no sul da Inglaterra

Dois dias de férias, emendando com um feriadão, para uma visita rápida a Brighton, cidade no sul da Inglaterra famosa por sua praia de pedrinhas.

Foi a primeira vez que fui, e meu propósito foi relaxar, porque a parte mais corrida do ano para mim no trabalho vem aí. Assim, não fiz muito turismo – caminhei pelas Lanes, em busca de um café, e visitei o interior do Royal Pavilion – , mas aproveitei os dois dias de sol na praia, onde a água nem estava tão gelada.

Apesar de serem quase 3h30min de Birmingham (com troca de trem em Londres), valeu a pena.

Brighton, praia perto de Londres
  Brighton, praia de pedrinha – Fotos: Melissa Becker

 

Continue reading 3 coisas boas da semana

Passeio por Birmingham com o Canal Londres #tbt

Está pensando em conhecer Birmingham, na região central da Inglaterra, mas não sabe bem o que visitar? Olha só uma sugestão de roteiro que você pode seguir.

No ano passado, tive o prazer de receber o Silvino e a Susan do Canal Londres para um passeio pela segunda maior cidade da Inglaterra.

Fizemos dois vídeos – que você pode assistir abaixo, com uma caminhada pelo centro e  um tour pela maior biblioteca da Europa em número de visitantes  -, mas só agora posso compartilhar aqui porque a antiga hospedagem do blog não possibilitava publicá-los! Continue reading Passeio por Birmingham com o Canal Londres #tbt