Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker

Serra gaúcha: Parador Casa da Montanha

cambara (640x434)Visitamos Cambará do Sul, na região gaúcha dos Campos de Cima da Serra, no final de março. Ficamos no Parador Casa da Montanha Ecovillage, considerado o melhor hotel dessa região do Rio Grande do Sul, e foi uma experiência especial.

O objetivo principal era conhecer os cânions de dois parques nacionais – Aparados da Serra e Serra Geral -, mas a hospedagem se tornou um dos destaques da viagem.

Espumante no Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Espumante rosé no check-in – Fotos: Melissa Becker

Prepare-se para uma versão luxuosa do campo. Com uma taça de espumante de boas-vindas, contemple a paisagem. Não tem como se cansar dessa beleza. O murmurinho do rio e o canto de pássaros nativos compõem a trilha sonora da estadia.

 

Decoração rústica e aconchegante

A estrutura do parador é excelente, considerado que se localiza no campo, no interior do Brasil. A lareira de pedra na área social resume o tom da decoração: rústica e aconchegante.

Recepção do Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Área social

Sem wi-fi nos quartos, é nessa área que os hóspedes ficam para se conectar à internet. Aliás, nem sinal de celular chega ao parador.

Spa do Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Spa

Fora as limitações tecnológicas – uma bênção para quem procura “se desconectar” –, o hotel conta com uma pequena área de spa (com água do rio na hidromassagem), biblioteca, coleção de DVDs e bilhar.

 

Quartos

Há três tipos de “barracas” (inspiradas em lodges africanos), e ficamos na mais econômica. As barracas luxo têm lavabo apenas, ou seja, não tem chuveiro. Hóspedes devem ir à Casa de Banho.

Casa de banho do Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Casa de Banho

Como fomos em uma época quente, não precisamos usar os lençóis térmicos, nem a calefação no quarto – mas essas opções existem, caso queira ir no inverno! É a região mais fria do Rio Grande do Sul.

Barraca do Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Nossa barraca

Em faixas mais altas de preços, a barraca suíte do Parador Casa da Montanha – onde eu gostaria de ter ficado – conta com jacuzzi no deque (e vista para o pôr-do-sol), banheiro completo e sala, enquanto a suíte superior tem o mesmo, mais lareira.

 

Gastronomia

Um dos melhores cafés da manhã de hotel que já experimentei! Como não ser, tendo mini-sonho com mumu, croissant de frango fresquinho e cuca? Fora o suco de uva da Serra (que não encontro igual em nenhum outro local do mundo), a variedade de frutas, as geleias… Ai, ai.

Restaurante do parador
Restaurante do parador

À tarde, é a hora da waffle com chá de maçã – quente ou gelado.

Jantar no Parador Casa da Montanha sai mais caro do que no centro da cidade, mas é prático. Na nossa primeira noite, o cardápio oferecia: salada da horta, sopa de legumes ou creme de alho-poró; truta grelhada com purê de batata e farofa de pinhão, como prato principal; e bolinho de chocolate com sorvete de creme e calda de chocolate.

Fondue no Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Sequência de fondue: queijo, carnes e molhos e chocolate com frutas

Em outra noite, teve sequência de fondue – uma tradição do inverno gaúcho, sim, mas que eu nunca tinha tido com meu marido! Sempre quis que ele visse o “nosso” jeito de servir fondue.

No sábado, é possível ver a prepação de um autêntico churrasco gaúcho.

Churrasco no Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker

Além disso, os hóspedes podem servir martelinhos das cachaças típicas da região que o restaurante do hotel oferece – com maçã, abacaxi, alecrim, carqueja, butiá…

Pôr-do-sol no Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker
Pôr-do-sol visto do parador

 

Fiz o pacote de viagem – que incluiu estadia no Parador – com meu amigo Thiago Copetti, operador da Poltrona 1 Turismo, com o apoio da agência local Cânion Turismo.

Parador_Casa_da_Montanha_Melissa_Becker09
Fogo de chão ao entardecer

O Parador Casa da Montanha Ecovillage fica na Estrada do Faxinal (RS 429, rodovia de chão batido), Morro Agudo, em Cambará do Sul, Rio Grande do Sul.

Frente do Parador Casa da Montanha - Foto: Melissa Becker

2 thoughts on “Serra gaúcha: Parador Casa da Montanha

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *