O castelo de Edimburgo

seloEdimTestemunha de batalhas e reinados, o Castelo de Edimburgo se destaca no skyline da cidade.

Mas melhor do que vê-lo à distância, cravado no topo de um monte rochoso, é poder andar pelo forte histórico e ter diferentes vista da charmosa capital da Escócia.

Castelo_de_Edimburgo_Melissa_Becker01
Fotos: Melissa Becker

Ao pagar pelo ingresso, o visitante recebe um mapa do lugar. Antes de seguir a visita, no entanto, paramos para garantir umas boas fotos panorâmicas da cidade. Clique na foto abaixo para vê-la maior.

Castelo_de_Edimburgo_panoramica

Para se ter uma ideia de quão antiga é a fortificação, visite a Capela de Santa Margarida. Erguida em cerca de 1130 pelo rei David I para sua mãe, Rainha Margaret, o local é hoje a construção mais antiga de Edimburgo, mas há indícios de que casas foram feitas no local na idade do Bronze.

 

O palácio real

Será sempre minha parte preferida de qualquer castelo que serviu de residência para monarcas: as joias da coroa.

Bem menor em número do que as joias reais em exibição na Tower of London, as que podem ser visitadas no palácio real escocês têm relevância histórica: a coroa, o cetro e a espada são as mais antigas joias da monarquia nas ilhas britânicas.

Castelo_de_Edimburgo_Melissa_Becker05
O palácio real (à direita) abriga joias escocesas da coroa britânica

A coroa foi usada pela primeira vez em 1540. Durante a Segunda Guerra Mundial, ela foi escondida dos inimigos em uma latrina medieval na David’s Tower.

Ao lado das preciosidades, fica uma grande pedra, The Stone of Destiny. Por séculos, reis escoceses eram coroados nesta pedra.

Em 1296, o rei inglês Edward I tomou a rocha e a incluiu em seu trono. Desde então, ela virou parte das cerimônias de coração da maioria dos reis ingleses e, mais tarde, britânicos. Em 1996, a pedra foi devolvida à Escócia.

Castelo_de_Edimburgo_Melissa_Becker04

 

 

Presença militar

No século 17, o castelo se tornou uma base militar – e a presença das forças britânicas no local, além de moldar a fortificação para novas funções ao longo dos anos, continua ainda hoje.

Castelo_de_Edimburgo_Melissa_Becker03

Por isso, espere encontrar museu e memorial de guerra, artefatos militares e outras referências ao longo da visita.

O que achei mais interessante, no entanto, foram as histórias dos prisioneiros de guerra detidos no castelo, incluindo um menino de cinco anos capturado durante a Batalha de Trafalgar, em 1805.

Castelo_de_Edimburgo_Melissa_Becker06

 

O Castelo de Edimburgo fica no Castlehill (EH1 2NG), no início da Royal Mile, provavelmente a rua mais antiga na cidade (no lado oposto da via, está o Palácio de Holyroodhouse, residência oficial da Rainha). 

Fotos: Melissa Becker
Fotos: Melissa Becker

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *